Buscar
  • Professor Lucio Reis

Você já se livrou das cracas em sua vida?


Achou o nome esquisito? Uma palavra um tanto estranha para alguns e que faz todo sentido. Não se preocupe, vou te ajudar nesse entendimento.


Pela ordem, cracas são crustáceos marinhos sésseis, ou seja, são aqueles que não possuem capacidade de locomoção, vivem fixos, associados à um substrato. Normalmente elas se agrupam em substratos rochosos e fundos das embarcações e raramente escolhem animais para se instalarem pelo constante movimento que esses realizam.


Uma notícia publicada na internet dá conta do resgate de uma tartaruga presa pelo pescoço há dias em uma rede abandonada pela equipe de biólogos da Sea Turtle Inc. Seu movimento foi reduzido criando o ambiente totalmente propício para que as larvas se instalassem no casco, cabeça e nadadeiras. A tartaruga ficou muito magra e debilitada mas foi cuidada e colocada em liberdade dias depois.


Outro problema grave que as cracas ocasionam é que elas podem agarrar-se ao casco de um navio em tal quantidade que chegam a deformá-lo, retardando seu deslocamento. Se o casco não for limpo e bem protegido, com tinta anti-incrustante especial, de tempos em tempos, essas pequenas criaturas grudam no fundo e criam estragos, especialmente na performance. O barco fica mais pesado e com mais arrasto hidrodinâmico, o que leva à queda brutal no rendimento e ao maior consumo de combustível.


Mas o que isso tem a ver com você? TUDO. As cracas da vida se instalam em ambiente propício para elas, ou seja, basta você parar que elas se prendem e não te largam tão facilmente.


Elas assumem as mais variadas formas – são dúvidas, crenças limitantes, brigas, aborrecimentos, chateações, decepções, doenças e assim a lista vai longe.

Uma vez instaladas elas se proliferam e contaminam nossos relacionamentos sejam eles no trabalho ou em casa, afinal, para que elas se reproduzam saudáveis elas precisam sugar a sua vitalidade. Elas também a exemplo dos navios vão deformando sua vida e deixando cinza, fazendo com que sua velocidade e empenho sejam reduzidos em muito, forçando mais ainda seus motores – emoções – a trabalharem no limite das suas forças provocando o superaquecimento.


Como está sua performance no trabalho ou em sua vida pessoal? Trabalhando e vivendo no limite e produzindo pouco?


Quer uma notícia? Você vai ter que atracar em uma marina e fazer uma limpeza. Detalhe; a limpeza passa por raspar, lixar, lavar e depois uma nova pintura com anti-incrustante, ou seja, para todos efeitos poderá ser dolorido e um processo lento.


Infelizmente , terá que fazer uma auto avaliação para descobrir como essas cracas tem se acumulado. Será por inércia, falta de acompanhar a evolução do mercado de trabalho? Será por falta de investimento nos relacionamentos? Será por causa da procrastinação? Você posterga decisões importantes para amanhã, só que esse amanhã nunca chega?


Lembre-se que a vida é feita de escolhas e até para não fazer nada e deixar tudo à revelia é preciso escolha. Não tem jeito, você fará escolhas sempre. Então escolha mudar de vida e ter uma alta-performance.


Busque novos desafios, volte a estudar, coloque alvos mensuráveis, busque a simplicidade, fique mais com sua família, beije mais, ame mais, VIVA!

Escolha amizades que te agregue e sobretudo; escolha uma pessoa que possa ser seu mentor. Alguém mais maduro que possa te indicar uma direção e escolhas mais assertivas.


Ninguém está livre de que as cracas se instalem, mas todos temos a liberdade de escolher a quantidade e o tempo que ficarão presas a nós nos impedindo de percorrer longas distâncias com menor esforço.

Pense nisso.

Professor Lúcio Reis

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo